Outubro Rosa: Rastreamento e tratamento do câncer de mama caem 75% na pandemia

Celebrado há mais de 20 anos, o Outubro Rosa de 2020 tem um significado especial e um peso ainda maior diante da pandemia de Covid-19, que aflige a humanidade nos quatro cantos do planeta. A prevenção ao câncer de mama e o diagnóstico precoce da doença, principais bandeiras da época, se depararam com um inimigo invisível que manteve milhões de pessoas trancadas em suas casas com medo, principalmente, de ir ao médico.

A importância da ida anual ao ginecologista é algo que praticamente todas as mulheres ouvem desde a adolescência, porém, um estudo feito em 2019 pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) em parceria com o Datafolha, mostrou que cerca de 5,6 milhões de mulheres não seguem esta rotina.

Durante a pandemia, esse acompanhamento foi ainda mais negligenciado. Segundo um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) em centros hospitalares que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) houve uma queda de 75% nos atendimentos a mulheres em rastreamento ou tratamento de câncer de mama entre março e abril, em comparação ao mesmo período de 2019.

A ginecologista membro da plataforma Doctoralia, Helena Proni Fonseca Saú, explica que não se pode descuidar da saúde em momento algum, mas mulheres acima dos 40 anos tem que redobrar a atenção. “Nessa idade, algumas doenças são mais comuns, como o câncer de mama, câncer de colo de útero e as doenças cardiovasculares. O câncer de mama, por exemplo, quando diagnosticado nos estágios iniciais, tem uma taxa de sobrevida em 5 anos entre 80 e 99%. Nos estágios mais avançados, essa porcentagem cai para 30%”.

Telemedicina

A tecnologia continua sendo uma grande aliada nos cuidados com a saúde, durante a pandemia de Covid-19. Para evitar o deslocamento até o consultório, é possível realizar a consulta à distância. “Além de ser possível pegar um encaminhamento para exames, também conseguimos utilizar a ferramenta para discutir e orientar certos problemas que dispensem o exame físico”, conta Helena.

Exames a preços populares

Pensando na importância de promover o cuidado da mulher, a Doctoralia convidou os laboratórios parceiros do Doctoralia Lab, seu sistema de agendamento online de exames, a oferecerem mamografias com descontos ao longo de todo o mês de outubro.

Até o momento, as instituições que aderiram à campanha são: Hermes Pardini, GIMI Diagnóstica, ZDI Diagnóstico por Imagem, Pró Imagem Diagnósticos, Scopp Diagnósticos, NASA Laboratório, Pró Exame e Sua Imagem, em São Paulo; RDI – Radioclinica, Cedip e X – LEME Diagnóstico por Imagem, em Curitiba e Centro de Medicina Nuclear da Guanabara, no Rio de Janeiro. O preço e a disponibilidade de horários podem ser conferidos nos perfis das instituições no site: http://lab.doctoralia.com.br/mamografia/mamografia-1 .