MV

O melhor Prontuário Eletrônico do Paciente da América Latina

Com crescimento acelerado e investimento constante em inovação, MV destaca projetos e próximos passos para 2021.

O Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) desenvolvido pela empresa gaúcha MV foi eleito pela sexta vez consecutiva o melhor da América Latina. O estudo foi realizado pela institui­ção norte-americana KLAS, referência em pesquisas e relatórios em todo o mundo. A solução da MV apresentou notas mais altas no índice que engloba qualidade, aprimoramento constante do produto e liderança de mercado. Os resultados da pesquisa são baseados nos níveis de satisfação de médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde em instituições localizadas na América Latina, Canadá, Europa, Oriente Médio, Ásia, África e Oceania. Com a votação, a instituição considerou que o PEP MV é superior aos outros players quando avaliado a partir de pilares que consideram a experiência do usuário. O KLAS avalia anualmente organizações de tecnologia e serviços que se destacam por ajudar profissionais de Saúde a oferecerem atendimento de qualidade e eficiente aos pacientes.

Para Paulo Magnus, fundador e presidente da MV, a premiação consagra o produto da com­panhia. “Este reconhecimento internacional é o maior que um prontuário eletrônico pode ter. Vencer por seis vezes consecutivas, principal­mente durante um ano que colocou a Saúde mun­dial em xeque, é muito gratificante. É mais uma prova que estamos no caminho certo, contribuin­do com nossos clientes e com o bem-estar das pessoas. Estamos fechando com chave de ouro as comemorações dos nossos 33 anos”, afirma.

Lançado em 2002, o PEP MV vem sendo atu­alizado constantemente de acordo com as neces­sidades dos usuários. “Quando ele nasceu, era focado apenas no registro médico. Ao longo dos anos, notamos que o cuidado do paciente é mul­tidisciplinar e, com isso, começamos a expandir suas funcionalidades, colocando as pessoas no cen­tro. Hoje, o produto tem alertas inteligentes com o intuito de advertir profissionais de saúde sobre possíveis intercorrências que possam interferir no tratamento do indivíduo”, afirma Daennye Bezerra, gerente de produto. “O prontuário oferece ferra­mentas essenciais para transformar a instituição em um hospital digital, garantindo a padronização nos procedimentos, a precisão no diagnóstico e a qualidade do atendimento”, completa.

O produto reúne em um único local todas as in­formações clínicas e assistenciais, assim como todo o histórico do paciente, simplificando o armazena­mento de dados e facilitando o dia a dia de todos os profissionais da área. O software é integrado com sistemas de apoio à decisão clínica, como e-learning e BI, além de possibilitar o controle de interações medicamentosas e trazer mais segurança na ad­ministração de remédios. A solução também está disponível em diferentes dispositivos, resultando num fluxo de checagem mais eficiente. Ele também é totalmente personalizável, pois tem configura­ções e formulários que podem ser customizáveis de acordo com a necessidade da instituição.

O PEP MV conta com uma equipe de mais de 50 pessoas que trabalham diariamente no seu desenvolvimento. Ao todo, são mais de 780 instituições que utilizam o produto em An­gola, Brasil, Argentina, Equador, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai. O prontuário da MV também possui a certificação digital CFM/SBIS desde 2009, atestando a qualidade da solução.

De acordo com Paulo, o uso do PEP se torna cada vez mais essencial para o avanço da saúde digital. “Trabalho no setor desde os meus 17 anos e sem dúvidas afirmo que o prontuário é a principal tecnologia para garantir a segurança do paciente nas instituições de saúde. Estamos sempre investindo no seu aprimoramento, principalmente através de feedbacks de nossos clientes que entendem as diferentes necessidades do dia a dia. Por meio dessas conversas, buscamos desenvolver recursos de tecnologia e gestão que tragam cada vez mais a eficiência”, completa Paulo.

Entre as novidades para 2021, está a migração total do produto para HTML5, para deixá-lo ainda mais rápido durante o uso. A solução também abrangerá necessidades mais especificas ao expandir para algumas especialidades como pediatria, odontologia, atenção primária, vacinas e cálculos de medicamentos, para garantir ainda mais a segurança na administração de remédios.

O PEP MV faz parte da plataforma SOUL MV, solução inovadora que tem como objetivo melhorar cada vez mais o tratamento de pacientes e revolucionar a transformação digital nas instituições de saúde. A plataforma é composta de diversos serviços e soluções que contribuem para gestão de excelência e para uma sociedade mais saudável. Dentre eles podemos citar o app Medic, o Command Center e o centro de inovação Global Health.

O Medic, desenvolvido pela MV em parceria com o pro­grama Apple Mobility Partner, é capaz de visualizar via iPhone e iPad todo o histórico clínico do paciente, mes­mo quando o profissional de Saúde encontra-se fora do hospital. Já o Command Center monitora em tempo real 100% das rotinas operacionais da empresa. Com isso, o serviço é capaz de identificar os desvios dos padrões pre­viamente estabelecidos e realiza a comunicação imediata da ocorrência para que haja as correções necessárias. A Global Health, plataforma de inovação da MV, é respon­sável por desenvolver soluções de tratamento preventi­vo de doenças, que monitorem em tempo real a rotina, as atividades físicas e os exames. Aplicativos integrados com wearables e que contribuam para a otimização da jornada do cidadão, além de softwares que otimizam o atendimento em clínicas e hospitais, são alguns exemplos das soluções desenvolvidas.

Crescimento Acelerado

É inquestionável que a pandemia potencializou os avanços da tecnologia em prol da vida. Para Jeferson Sadocci, diretor corporativo comercial da MV, a saúde digital se tornou uma re­alidade no Brasil. A MV mantém como meta de planejamento estratégico crescer 20% ao ano, o que vem sendo conquistado há cinco anos consecutivos. “Diante desse cenário, a procura pelas nossas soluções aumentou, de forma que conseguimos manter a média de crescimento anual de 20% dos últimos cinco anos. Nosso objetivo é triplicar a empresa até o ano de 2023”, ressalta. Durante a pandemia, a companhia realizou 439 contratações, e esse movimento deve seguir em 2021.

Sadocci lembra que não é possível falar de 2020 e do impacto na procura por soluções digitais sem citar a telemedicina, que se tornou indispensável na atual realidade. “A solução é um dos componentes da nossa plataforma de inovação, o Global Health, que também conta com monitoramento ativo de pacientes, saúde preditiva, protocolos clínicos, check-in, agendamento on-line, dentre outras soluções inovadoras e que visam o futuro da saúde”.

Outro avanço citado pelo executivo foi o lançamento do Command Center MV, que surgiu com o intuito de revolucio­nar a gestão de instituições de saúde com um serviço de monitoramento em tempo real de todas as rotinas da empresa, sendo capaz de identificar os desvios dos padrões previamente es­tabelecidos pela instituição e realizar a comunicação imediata da ocorrência para que haja as correções necessárias. “O Command Center tem a capacidade de prever, detectar e mitigar riscos de processos administrativos, assistenciais e econômicos em tempo real, por meio do uso de tecnologias de inteligência artificial (IA), ro­botização (RPA), análise preditiva e time de es­pecialistas multidisciplinares”.

As vendas digitais também se tornaram ainda mais essenciais. A plataforma de automação de compras, a Apoio Cotações, também foi um dos destaques da empresa no ano passado. “A empresa atuou durante toda a pandemia co­nectando fornecedores e instituições de Saúde nas compras de EPI’s e outros produtos essen­ciais para o enfretamento do novo coronavírus”, destaca Sadocci.

Foco no Cuidado Preventivo

O que vem se tornando tendência são as so­luções de tecnologia que ajudam as pessoas a terem um cuidado preventivo com a saúde. Para Sadocci, as empresas devem investir cada vez mais nesse tipo de solução que monitore, em tempo real, o dia a dia, as atividades, a ali­mentação, os exames, os remédios tomados, os protocolos e cuidados necessários, auxiliando no tratamento preventivo de qualquer doença. “Atualmente, temos a plataforma Global Health que tem esse foco. Também estamos aplicando em nossas plataformas a Inteligência Artificial (IA), de forma que possam ajudar no tratamento preventivo de forma mais automatizada. Nossos investimentos em todas as tecnologias atuais não param”, ressalta. Para estar up-to-date com a inovação, a companhia tem investido R$ 50 milhões ao ano em pesquisa e desenvolvimento.

Para 2021, Jeferson Sadocci revela que o foco estará no aprimoramento do Command Center, na expansão da solução Global Health com diver­sas inovações na telemedicina, na expansão da solução para clínicas e consultórios, e na conecti­vidade com todos os tipos de dispositivos móveis.

“Tudo isso com o foco em aproximar ainda mais instituições e médicos dos pacientes, que serão prioridade ao longo do novo ano. A Inteligência Artificial também fará parte dos nossos projetos.”

A MV também está de olho em healthtechs e startups que possam agregar valor ao portfólio da empresa. Em 2020, a companhia realizou uma joint venture no segmento de saúde da Procenge. “Nos últimos cinco anos, compra­mos seis empresas e estamos sempre de olhos abertos para novas aquisições e oportunidades de parcerias. Neste ponto, vale ressaltar nossa parceria com a Healthcare Alliance, empresa focada em conectar soluções para a área da saúde”, lembra o diretor comercial.

Para o executivo, a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) será um dos pilares da transformação digital em 2021. “Para uma empresa ser digital, precisará se enquadrar na lei. Inclusive, adquirimos quatro empresas de infraestrutura que oferecem esse serviço de adequação à LGPD”, ressalta.

De acordo com Sadocci, outro ponto essen­cial para os gestores de instituições de saúde é preparar a infraestrutura tecnológica e investir na capacitação dos colaboradores. “Os funcio­nários precisam estar aptos para utilizarem de­terminado software ou tecnologia. Pensando nessa necessidade, temos a Universidade MV, plataforma idealizada com o objetivo de capa­citar usuários em processos e metodologias de mercado. Temos cursos e treinamentos de negó­cios, sistemas, gestão, tecnologia e processos da área. A gestão otimizada de hospitais e clínicas também devem ser prioridade em 2021. Por isso, temos o Command Center, que foi criado para trazer um modelo de gestão mais efetivo que monitora todos os setores de uma instituição de saúde”, conclui.

Acesse mais informações em: www.mv.com.br

Medicina S/A

WWW.MEDICINASA.COM.BR
[email protected]

O melhor conteúdo sobre Gestão, Tecnologia, Inovação, Negócios e Boas Práticas na Saúde