W3.Care passa a atender mais 130 mil vidas via telemedicina

Jamil Cade, CEO da W3.Care

A W3.Care anunciou a parceria com o Grupo Colina dos Ipês, companhia dedicada à atendimentos funerários e o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP). Com proposta de oferecer teleconsultas com qualidade e preço acessível, a healthtech passa a atender mais de 130 mil vidas por meio de plataforma de telemedicina eletiva que permite o atendimento em todos os tipos de especialidades, além de possibilitar o acompanhamento clínico dos pacientes por meio de diferentes ferramentas tecnológicas.

De acordo com Jamil Cade, CEO da empresa, acredita que a telemedicina é uma forma inclusiva de promover a orientação médica de forma descomplicada, possibilitando um atendimento de qualidade para pacientes que vivem em regiões de difícil acesso, sendo uma solução que cabe no bolso e contribui para uma melhor qualidade de vida de todos.

Desde janeiro deste ano, o Grupo Colina dos Ipês tem oferecido teleconsultas por um preço acessível para os colaboradores e associados. Todo o processo, desde o agendamento até a consulta online podem ser feitos pelo paciente interessado em uma página disponível no site da empresa, de acordo com o horário e data desejados, com diferentes opções de especialidades disponíveis. A expectativa é de que somente com essa parceria mais de 120 mil vidas sejam atendidas.

Já com o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP), a W3.Care estima que mais de 10 mil associados passarão a ter acesso à plataforma para agendamento de consultas. Em ambos os casos, as informações são encaminhadas para uma central de agendamentos da empresa, que é responsável por realizar a gestão das demandas de pacientes de acordo com a disponibilidade médica. Para otimizar o processo de atendimento aos parceiros, a healthtech lançará também esse mês o aplicativo TeleCare Paciente, com o objetivo de tornar os agendamentos mais práticos e eficientes.

Segundo o executivo, a empresa pretende não somente expandir a sua base de clientes, mas também apresentar uma solução que contemple novas oportunidades de receita para os médicos, deixando disponível para que os profissionais de saúde cadastrados na plataforma determinem suas disponibilidades para atender os clientes parceiros.

“Acreditamos que dessa forma os médicos podem aumentar o fluxo de pacientes na modalidade remota, possibilitando o atendimento médico em qualquer lugar do Brasil, de forma simplificada. Além disso, com o TeleCare, o profissional tem a possibilidade de atender os pacientes da nossa base, mas também é possível realizar as teleconsultas com os pacientes de cada um, através do consultório na nuvem”, finaliza o médico.