Plataforma de pesquisa de medicamento registra crescimento de 400%

O mercado farmacêutico é um dos que mais cresce no Brasil. De acordo com um levantamento feito pelo Guia Interfarma 2020 entre 2015 e 2019 houve um crescimento de 53%, e seguindo essas estimativas até 2023, a previsão é de que seremos o 5° maior mercado do mundo.

Com a chegada da pandemia, o ano de 2020 teve um aumento nas vendas chegando a atingir R$ 190 bilhões, segundo dados da IQVIA, multinacional americana que realiza a auditoria do setor no país. E com toda a crise que o coronavírus trouxe, as pessoas começaram a pesquisar muito mais os seus medicamentos, para o fim de economizar em sua compra.

Uma das formas que encontraram para reduzirem seus custos com os remédios foi comparar os preços através de plataformas especializadas, como a Farmaindex, ferramenta que apresenta ao usuário uma forma simples e rápida para a busca do medicamento desejado, fazendo com que o mesmo economize tempo e dinheiro em sua compra.

“Os remédios são conhecidos por terem um custo alto, e não são dispensáveis como por exemplo uma compra de roupa. Então contar com uma boa ferramenta, que traga os melhores preços é essencial para o momento que estamos passando. E o importante é ter uma boa experiência na plataforma, conseguindo buscar o medicamento de forma rápida e fácil para o consumidor”, comenta Wilton Torres, fundador da empresa.

Wilton Torres

Um dos diferenciais é contar com medicamentos especiais em sua base de dados. Estes remédios, conhecidos por serem de alto custo, são os que mais necessitam de atenção na hora da compra. A plataforma conta também com um credenciamento de farmácias, que atendem todas as normas da Anvisa, inclusive para os medicamentos especiais refrigerados que necessitam das melhores práticas de “cadeia de frio” em seu sistema, para assim o consumidor na hora de efetuar sua compra, tenha segurança para adquirir seu produto com a drogaria.

“O consumidor espera encontrar uma boa experiência quando interage com a plataforma. Mesmo que você ofereça bons comparativos, se não tiver uma forma de busca facilitada e avançada, com bons filtros, o usuário irá recorrer a outra ferramenta de comparação. Mais que isso, é preciso transmitir a confiança também, e contar com boas farmacêuticas para o consumidor não ter nenhum problema com a compra”, explica Torres.

Atualmente a Farmaindex contém um tráfego muito alto em sua plataforma, tendo um crescimento de mais de 400% no último ano, e com uma taxa de conversão acima de 36%. Os dados reafirmam como as pessoas estão mais atentas aos preços, e com o crescimento do mercado farmacêutico no Brasil, a startup pretende crescer 200%.

“Nosso crescimento reafirma nossa visão que o brasileiro necessita comparar os melhores preços. A contação de gastos chegou para todos, e é importante manter a plataforma atualizada e contar com os principais players do mercado”, conclui.