Troca de ministros na pasta da Saúde movimenta Twitter

A troca de nomes no Ministério da Saúde tem sido um dos temas mais comentados no Twitter nos últimos dias. Para entender o sentimento dos brasileiros na rede social sobre a saída do general Eduardo Pazuello e a chegada de Marcelo Queiroga para assumir a pasta, a Knewin, maior PRTech da América Latina, analisou 91.197 tuítes entre 14 e 16 de fevereiro.

A ferramenta utilizada para o estudo foi a Knewin Social, que indicou um pico de menções no dia 15/03, data da definição de Queiroga como novo Ministro da Saúde, com mais de 63 mil tuítes. Pazuello foi mencionado mais de 25 mil vezes, enquanto o Ministério da Saúde foi citado em mais de 19 mil tuítes entre domingo (14) e terça (16).

Quanto às hashtags mais utilizadas sobre o assunto, aparecem: #bolsonarogenocida (2.850 tuítes), #patriotasnasruas (2.767 tuítes) e #forabolsonaro (1185 tuítes). Entre as contas mais mencionadas aparecem o jornalista da CBN @leandrogouveia (4.317 tuítes), @jairbolsonaro (2.091 tuítes) e @globonews (1.776 tuítes).

Os assuntos com mais destaque foram a pressão do chamado “centrão” – bloco de parlamentares da Câmara formado por partidos de centro e centro-direita – para terem prioridade na indicação do novo nome para ocupar a gestão do Ministério da Saúde. Também foram feitas críticas ao trabalho feito por Pazuello, citando a postura negacionista diante da situação da pandemia no país. Outro assunto comentado envolveu aos candidatos ao cargo, em especial a recusa da médica Ludhmilla Hajjar em aceitar o convite para ser a nova ministra da Saúde.

Em relação ao novo Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, os assuntos com mais destaque foram: críticas à aproximação do político com a família Bolsonaro, o fato de Queiroga defender a vacinação em massa e menções sobre a posição do ministro de descartar o lockdown como medida de combate à pandemia. Além disso, os brasileiros também comentaram sobre o cenário que o novo ministro pode enfrentar em razão do negacionismo da ciência na gestão da pandemia no país.