Renato Anghinah assume como CMO global da HempMeds

O neurologista brasileiro Renato Anghinah acaba de se tornar o novo Chief Medical Officer (CMO) Global da HempMeds. Prescritor de Cannabis medicinal e pesquisador do tema, o médico conta com diversas especializações em tratamentos de distúrbios do cérebro e será um dos principais responsáveis da marca na produção de estudos clínicos e pesquisas referentes à medicina canabinoide.

“Quando assumo esse tipo de responsabilidade é porque vejo um propósito. Eu estudo e prescrevo CBD há algum tempo”, explica Anghinah. “Nas minhas conversas com a HempMeds, constatei que a empresa tem como princípio a pesquisa e estudos clínicos rigorosos sobre o tema. Também senti afinidade de valores e reconheço a função dos tratamentos com CBD“, finaliza o especialista.

Renato Anghinah é médico neurologista e livre-docente em Neurologia pela Faculdade de Medicina da USP. Ele também é especialista em Neurofisiologia Clínica pela Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica e em Traumatismo Cranioencefálico pela Academy of Certified Brain Injury Specialists, dos Estados Unidos. É, ainda, “fellow” da Academia Americana de Neurologia (FAAN) e Coordenador do Grupo de Reabilitação Cognitiva Pós-TCE da Divisão de Neurologia Clínica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Suas linhas de pesquisa principais são distúrbios cognitivos, reabilitação cognitiva pós-lesão encefálica, TCE, demências e eletroencefalografia em cognição.

O médico também será membro fixo de um comitê científico da Medical Marijuana Inc., holding norte-americana publicada na NASDAQ, pioneira nas soluções de Cannabis medicinal e proprietária das operações globais da HempMeds, que hoje compreendem Estados Unidos, Brasil e México. Esse reforço no time de especialistas do grupo é uma das estratégias para ampliar, principalmente, o acesso à informação de qualidade sobre o assunto.

Anghinah ainda irá trabalhar de forma conjunta com o CMO da HempMeds Brasil, o neuropediatra e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Neurologia Infantil, Rubens Wajnsztejn. “Ao investir em uma equipe altamente qualificada na ciência da Cannabis medicinal, nosso objetivo, além de descobrir novas utilizações do CBD, é também fomentar o debate qualificado sobre o tema”, conta Caroline Heinz, co-CEO global da HempMeds.