Procomex disponobiliza Cartilha de Importação de Vacinas

Para contribuir no combate à Covid-19, o Procomex – Aliança Pró Modernização Logística de Comércio Exterior realizou diversas ações para auxiliar a aumentar a celeridade de processos de logísticas ligados à importação, transporte, armazenagem, liberação e distribuição de quaisquer insumos ou equipamentos imprescindíveis para o tratamento da doença.

Nesse sentido, o trabalho mais contundente foi a Cartilha sobre Processo de Importação das Vacinas, lançada recentemente, que exigiu todo um esforço de articulação por parte do Procomex para reunir todos os intervenientes de instituições públicas, empresas privadas e associações de classe relacionados a esse procedimento.

Um dos objetivos principais da Cartilha é uniformizar a logística de importação, transporte, conservação, armazenagem, liberação e distribuição das vacinas contra a Covid-19, a fim de garantir processos mais céleres, minimizando riscos e assegurando que as vacinas alcancem a população brasileira mais rapidamente, com segurança e qualidade.

A primeira ação foi promover uma reunião com os intervenientes para entender os desafios e encontrar as soluções e oportunidades para a melhoria do processo de importação de vacinas. Logo após, foram criados grupos de trabalho para o desenvolvimento dos conteúdos, das minutas e dos capítulos. A seguir, o Procomex ficou encarregado de analisar, compilar os dados e buscar a aprovação junto aos principais órgãos governamentais ligados ao setor para validação final.

Toda a articulação feita pelo Procomex resultou em um tempo recorde, cerca de um mês, para a publicação da Cartilha. Ao total, foram 172 técnicos e profissionais envolvidos em todo o processo.

Em sua primeira edição, a Cartilha sobre Processo de Importação das Vacinas conta com cinco capítulos: Licenciamento de Importação; Despacho Aduaneiro Antecipado – Declaração de Importação; Embarque, Chegada e Movimentação de Cargas contendo Vacinas; Liberação Secretaria da Fazenda Estadual – SEFAZ e Entrega da Carga ao Importador; e Medidas de Contingência aplicadas nos casos de instabilidade ou inoperância nos Sistemas.

Seu conteúdo aborda as normas, as regulamentações e os procedimentos dos principais órgãos envolvidos no processo de importação de vacinas, desde os requisitos e o regulatório pertinentes ao embarque e transporte aéreo, passando por toda a regulamentação relacionada à aprovação de autoridade sanitária; até o desembaraço aduaneiro, envolvendo diversos atores na adoção de ações rápidas, seguras e eficazes para prover a liberação das vacinas importadas.

Para acessar o documento, basta clicar neste link.