Prêmio visa incentivar a pesquisa científica em cannabis medicinal

O 1º Prêmio Cannect de Incentivo à Pesquisa, focado em cannabis medicinal, tem o objetivo de reconhecer a excelência de trabalhos científicos que explorem o papel dos fitocanabinoides e sua interação com o sistema endocanabinoide. Dividido em duas categorias, casos clínicos e ciências aplicadas à saúde (como estudos pré-clínicos, in vitro e análises populacionais-demográficas), o prêmio pagará R$ 3 mil ao pesquisador principal/grupo vencedor de cada categoria, além de apoio à submissão dos trabalhos que atingirem determinados critérios para publicação em revistas científicas. A premiação é realizada pela Cannect, maior ecossistema de cannabis medicinal da América Latina.

De acordo com Allan Paiotti, CEO da Cannect, trata-se de um reconhecimento à contribuição dos pesquisadores de cannabis medicinal e de um estímulo para o avanço das pesquisas nessa área, que tem imensurável relevância para a saúde da população. Dados da Kaya Mind estimam que o Brasil tem hoje 190 mil pessoas em tratamento com cannabis medicinal. É pouco, se considerarmos que existem mais de 130 milhões de pessoas no país que podem ser beneficiadas, de acordo com as evidências científicas estabelecidas ao longo dos últimos 20 anos.

Os cinco melhores artigos de cada categoria serão convocados para a segunda fase, que ocorrerá presencialmente na cidade de São Paulo/SP, no dia 9 de novembro, e consiste na apresentação oral do trabalho, sendo a última etapa da avaliação do artigo. A avaliação será cega e farão parte da banca avaliadora Camila Pupe, neurologista, PhD e professora adjunta e chefe do serviço de Neurologia da Universidade Federal Fluminense (UFF); Carlos Marcelo de Barros, PhD e presidente eleito da Sociedade Brasileira do Estudo da Dor (SBED); Fabrício Braga, coordenador de cardiologia da Casa de Saúde São José/RJ; Luciana Vasconcellos, membro do Comitê de Neuropediatria da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj); Rafael Pessoa, cirurgião geral e diretor médico da Cannect; e, para redação, coerência e coesão, Thaynara Moreira, jornalista especializada em revisões de artigos científicos.

A cannabis medicinal tem sido um forte aliado no controle de sintomas de doenças como epilepsia, do Transtorno do Espectro Autista (TEA), da ansiedade e da depressão. É potente, ainda, para minimizar efeitos colaterais dos tratamentos de doenças crônicas, como fibromialgia e câncer, além de transtornos causados por doenças raras, como a Síndrome de Dravet, entre outras patologias.


Serviço
1º Prêmio Cannect de Incentivo à Pesquisa
Confira edital aqui.
Inscrições pelo e-mail [email protected]
Prazo para submissão de artigos científicos: 15/9
Divulgação dos finalistas: 29/9
Evento para apresentação oral dos trabalhos vencedores e premiação: 9/11
Taxa de inscrição: R$ 50,00
Premiação: os vencedores de cada categoria receberão o valor de R$ 3 mil e terão a oportunidade de terem seus estudos publicados em revistas científicas, sob supervisão da Cannect

Textos relacionados

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: A Medicina S/A usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Veja nossa Política de Privacidade.