Pixeon é premiada com o 2020 Best in KLAS for PACS Latin America

Armando Buchina, CEO da Pixeon

Pelo segundo ano consecutivo, a Pixeon foi considerada a melhor fornecedora de tecnologia para saúde da América Latina. O reconhecimento veio através do prêmio 2020 Best in KLAS for PACS Latin America, realizado pela instituição norte-americana KLAS, que destaca as mais bem avaliadas empresas do segmento.

A premiação foi baseada no desempenho do PACS, sistema de comunicação e arquivamento de imagens da Pixeon, que a fez alcançar 91.0 pontos, a maior pontuação do subcontinente, quase 8 pontos acima da média do mercado, e superior também à pontuação da própria Pixeon em 2019, quando também ocupou a primeira posição. O KLAS entrevista anualmente mais de 30 mil empresas de saúde em todo o mundo para condecorar as que apresentam melhores notas.

Armando Buchina, CEO da Pixeon, comenta que o KLAS é uma instituição respeitada mundialmente e este processo credencia a Pixeon como fornecedora de software de nível internacional. “Quem atua na radiologia sabe o que o KLAS representa. Nossa solução, PACS Aurora, revolucionou o segmento no passado e continuaremos revolucionando com inovações. Este bicampeonato representa o sucesso de nossos esforços e investimentos em pesquisa e desenvolvimento em busca de melhorias relevantes aos nossos clientes. Representa também a qualidade das nossas entregas com novas soluções e tecnologias de ponta”, diz.

Algumas das ferramentas implementadas no ano passado, às quais a conquista do primeiro lugar no Best in KLAS for PACS Latin America pode ser atribuída, foram o download progressivo,o marcador de vértebras automático por Inteligência artificial e a visualização 3D dos exames. “Todas essas features garantem maior fluidez na visualização das imagens, mesmo antes do download ser totalmente concluído. Além disso, o marcador de vértebras e as imagens em três dimensões foram desenvolvidos para dar ainda mais autonomia e produtividade ao médico, além de ajudá-lo a aumentar a assertividade dos diagnósticos”, explica Buchina. “Em 2020 teremos muitas outras inovações relevantes”, complementa Buchina.