Hospital Oswaldo Cruz mantém parceria com a Harvard para 2021

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz, por meio do Centro de Inovação e Educação em Saúde, anunciou a continuidade da parceria com a Harvard T.H. Chan School of Public Health, uma das principais universidades dos Estados Unidos, para oferecer o curso de Princípios e Práticas em Pesquisa Clínica – PPCR para o próximo ano. O curso é voltado para estudantes e profissionais de qualquer área que estejam interessados em pesquisa clínica.

Com duração de noves meses, o PPCR tem como objetivo proporcionar fundamentos sobre o que há de mais atual em pesquisa clínica no mundo. Disponibilizado por meio de diversos polos educacionais no Brasil e no exterior, em parceria também com outras Instituições, este ano o curso contará também com a opção de acesso remoto às aulas. Agora, mesmo os alunos que tiverem a opção de um site center na sua cidade, poderão optar por fazer o curso à distância.

“O Centro de Inovação e Educação em Saúde vem trabalhando constantemente para trazer formação de qualidade às diversas áreas que podem contribuir com a saúde e essa parceria marca um momento importante para Instituição”, afirma Kenneth Almeida, Diretor Executivo de Inovação, Pesquisa e Educação da Instituição.

As aulas acontecerão de forma sincronizada com todos os demais centers do país e do mundo. Além das aulas sincronizadas, o curso conta com uma metodologia dinâmica, que estimula a interação entre os participantes e, ao final, os participantes realizam uma imersão de cinco dias com atividades práticas voltadas para pesquisa.

Ariel Kann, Coordenador da Oncologia Clínica do Centro Especializado em Oncologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, foi um dos alunos da última edição do PPCR e relata que o curso é denso e requer dedicação e horas de estudo, mas ao fim do ciclo esse esforço resulta na evolução do conhecimento sobre práticas em pesquisa. “A metodologia consiste em atividades práticas com leitura, postagens, tarefas individuais e em grupo. Definitivamente esta metodologia funciona. É nítida a evolução do conhecimento ao longo do curso. Além disto, abrem-se as portas do universo da Pesquisa Clínica por meio do contato com os professores e com colegas de todo o mundo”, comenta o oncologista.

Realizado pelo Departamento de Educação Executiva e Profissional Continuada de Harvard T.H. Chan – School of Public Health, o curso já formou mais de 2.500 profissionais no mundo e tem sido desenvolvido pelo brasileiro Felipe Fregni, professor que lidera o Spaulding Neuromodulation Center, importante laboratório norte-americano de pesquisa clínica, e atualmente investiga técnicas para orientar a medição da neuroplasticidade em lesões cerebrais.

Daniela Laranja, responsável pelo site center e professora assistente do curso, ressalta o impacto no currículo profissional, além da possibilidade de integração com profissionais do mundo todo. “Fui da turma de 2019 e, desde este ano passei a fazer parte do grupo de professores assistentes do curso. Hoje, sou revisora de duas revistas internacionais após contato com colegas do PPCR. Esta parceria com a Harvard T.H. Chan vem de encontro com o foco do Hospital Alemão Oswaldo Cruz em investir em pesquisa e formação”, aponta.