Hospital Oswaldo Cruz oferece cursos gratuitos para agentes de saúde

Para apoiar os profissionais de saúde que atuam no enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em parceria com a Johnson & Johnson Brasil, disponibiliza um curso on-line e gratuito para agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.

O curso tem oito horas de duração e sua estratégia pedagógica apresenta simulações realísticas da atuação durante as visitas domiciliares, videoaulas e orienta os agentes comunitários na identificação de sinais e sintomas da Covid-19. Os conteúdos podem ser acessados pelo celular ou computador e os participantes escolhem o melhor horário para realizarem as atividades. Para fazer a inscrição basta acessar o site https://inova.eadhaoc.org.br/.

Pandemias, além de serem emergentes na saúde pública, ainda demandam novos protocolos e capacitação dos profissionais da área. Estudo feito em 2020 pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e a Rede Covid-19 Humanidades detectou que 52,2% dos profissionais de saúde pública do País não receberam nenhum tipo de treinamento para atuar no enfrentamento da Covid-19.

Aulas, metodologia de ensino, coordenação, acompanhamento e plataforma virtual são da Faculdade de Educação em Ciências da Saúde do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. A Instituição conta com a expertise em capacitação de profissionais de todo o Brasil, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), voltado ao fortalecimento da saúde pública brasileira. “Nesta iniciativa unimos a excelência do nosso modelo assistencial próprio, reconhecido como um dos melhores do país e que tem o paciente e o familiar no centro do cuidado, com o propósito do Hospital em contribuir com o desenvolvimento da saúde no Brasil, oferecendo uma capacitação acessível aos profissionais que estão na linha de frente no combate ao novo Coronavírus”, destaca Letícia Faria Serpa, gerente de Educação Multiprofissional do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.