Soluções para eliminar mortes evitáveis de pacientes

A Reunião de Planejamento do Meio do Ano (Midyear Planning Meeting, MYPM) da Patient Safety Movement Foundation (PSMF) reuniu mais de uma centena de interessados em segurança do paciente de sete países para discussões profundas sobre como alcançar ZERO mortes evitáveis em hospitais. Mais de 200.000 pessoas morrem devido a erros médicos nos EUA a cada ano, além de 4,8 milhões em todo o mundo.

Durante essa importante reunião, administradores, clínicos, defensores da segurança do paciente, familiares e outros líderes de segurança do paciente de todo o ecossistema de saúde tiveram a oportunidade de compartilhar experiências e conhecimentos para ajudar a desenvolver soluções que eliminem mortes evitáveis de pacientes.

Durante o dia, as sessões gerais demonstraram aos participantes como indivíduos e organizações mudaram políticas e processos para eliminar mortes evitáveis de pacientes.

As sessões se concentraram em soluções para:
  • Segurança de medicamentos/Segurança de opióides
  • Comunicações de registros 
  • Segurança das vias aéreas neonatais 
  • Detecção e tratamento precoces da sepse 
  • Prevenção e ressuscitação sistêmica de parada cardíaca hospitalar 
  • Quedas de mãe/bebê 
  • Eventos embólicos 
  • Envolvimento de pessoas e da família e higiene das mãos 
  • Currículo de segurança do paciente 
  • Delírio pós-operatório em idosos 

“O número de pacientes que morrem a cada ano por erros hospitalares evitáveis não é aceitável e sabemos como reduzi-los”, disse David Mayer, diretor executivo da PSMF. “Nossas 34 Actionable Patient Safety Solutions, APSS (Soluções de Segurança do Paciente Acionáveis) gratuitas fornecem processos e orientações específicas para ajudar os hospitais a prevenirem danos médicos. Sabemos como reduzir o número de mortes evitáveis que possam surgir para eliminá-las completamente.”


Para saber mais sobre as propostas da Patient Safety Movement Foundation, acesse o site: www.patientsafetymovement.org