Hospital Moinhos de Vento investe R$ 10 milhões em laboratório de patologia

O Hospital Moinhos de Vento inaugura, no próximo dia 11, o Patologia Moinhos. Além de contar com modernos equipamentos, o funcionamento de um laboratório próprio vai dar mais segurança, precisão e agilidade nos exames, cuja estrutura vai contar com equipamentos de última geração. Os investimentos são de R$ 10 milhões. A instituição será pioneira em Porto Alegre e na região metropolitana em ter, numa mesma área física, tanto a anatomia patológica quanto a biologia molecular, trabalhando em conjunto.

“A nova unidade vem no nível de excelência dos serviços que já são prestados pelo Hospital Moinhos. E a Patologia é uma especialidade que dialoga com as outras áreas, sempre pensando no paciente. Além de um diagnóstico preciso e completo, o patologista busca, por meio das análises, as indicações para um melhor tratamento”, define Antonio Hartmann, chefe do Serviço de Patologia.

O laboratório permitirá 100% de rastreabilidade da amostra – o que se traduz em maior segurança. Será possível saber, passo a passo, em qual etapa do processo ela se encontra – o médico será sinalizado de todas as fases de análise e receberá o laudo por e-mail. Em consequência, também haverá mais agilidade e rapidez na entrega dos laudos. “Temos uma equipe especializada e altamente qualificada, que foi montada a partir da expertise de cada um para atender melhor aos pacientes”, destaca a coordenadora do Patologia Moinhos, Francine Hehn de Oliveira, que coordenou o processo de implantação do laboratório.

O Patologia Moinhos fará as análises de áreas como Ginecologia, Obstetrícia, Centro Cirúrgico, Endoscopia e Dermatologia. No caso da Oncologia, o espaço terá um importante papel para a realização de uma segunda opinião. Um dos equipamentos destacados é o processador histológico que, por sua tecnologia, permite uma avaliação mais rápida, segura e de qualidade.

Medicina de precisão

A partir de fevereiro de 2021, na mesma unidade, entram em funcionamento os Laboratórios de Genética e Biologia Molecular, que virão para reforçar ainda mais a chamada medicina de precisão. Por meio de análises personalizadas, é possível identificar, por exemplo, o tipo de câncer que um paciente desenvolve, se há chance de recidiva ou não e quais os tratamentos mais eficientes para um determinado caso. “Com isso é possível classificar, diagnosticar, colocar critérios de alteração molecular e definir o melhor tratamento”, explica Hartmann.

Inauguração

A programação da inauguração segue a partir das 13h, com a live Grand Round, no canal do YouTube do Hospital Moinhos, reunindo especialistas da área. A primeira palestra vai abordar “Novos Métodos Diagnósticos em Patologia”, com o diretor da Unidade de Patologia Molecular do Ipatimup e Professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Fernando Schmidtt, que atualmente é o presidente da International Society of Breast Pathology. Na sequência, será abordado o tema “Radiologia e Patologia: Prática Clínica e Cirúrgica”, com a coordenadora do Núcleo de Radiologia Abdominal do Hospital Moinhos de Vento, Alice Schuch, e com o chefe do Serviço de Patologia do Hospital, Antonio Hartmann. As inscrições para a programação online são gratuitas e podem ser feitas pelo endereço iepmoinhos.eventize.com.br/eventos