Livance recebe aporte de R$ 30 milhões

A Livance, startup de consultórios compartilhados, acaba de receber mais uma rodada de investimento, uma Series A no valor de R$ 30 milhões. O aporte foi liderado pela Astella Investimentos, que já havia investido na rodada Seed da empresa, além da Terracotta Ventures, Green Rock e Mago Capital. Com a nova rodada, a startup já acumula aportes na ordem de mais de R$ 50 milhões. A empresa de consultórios compartilhados oferece a médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e psicólogos uma rede com oito unidades, cada uma delas com, em média, 18 consultórios de alto padrão.

“O modelo de consultório compartilhado existe há décadas. O grande diferencial do que oferecemos é a tecnologia, que nos possibilita fazer a gestão via nossa plataforma. Com ela, o profissional consegue diminuir em cerca de 60% os custos que teria com uma estrutura tradicional, com a vantagem de não ter que se preocupar com essa gestão e, mais do que isso, ampliar a sua área de atuação, atendendo em todas as nossas unidades, da maneira que melhor lhe convir”, afirma Claudio Mifano, cofundador e CEO da Livance.

Gustavo Machado, Fábio Soccol e Claudio Mifano são os fundadores da Livance (da esq. à dir.)

Ao longo dos últimos 12 meses, após a Livance receber um investimento Seed da Astella, a startup praticamente dobrou de tamanho. Atualmente a empresa conta com 85 colaboradores e mais de 2 mil profissionais de saúde em sua base de clientes, pertencentes a cerca de 40 especialidades médicas e da área da saúde diferentes. Hoje, mais de 52% dos profissionais que têm seus consultórios na Livance atendem em ao menos duas unidades e 26%, em ao menos três.

Com o novo aporte, Mifano prevê um investimento ainda mais pesado em tecnologia, a fim de otimizar a experiência e os serviços para os profissionais de saúde, na ampliação de equipe e também da rede da companhia, para além do estado de São Paulo. Nos próximos 24 meses, a meta é ao menos dobrar a rede física e chegar ao marco de 300 colaboradores.