Unimed Florianópolis aposta em IA para triagem de pacientes

A Unimed Grande Florianópolis está apostando em Inteligência Artificial para ampliar o atendimento de casos de Covid-19. A cooperativa adotou o Laura®, assistente virtual que faz a trajetória de risco e triagem de pacientes por meio de análises preditivas. O objetivo é tirar dúvidas sobre a Covid-19 e monitorar os casos suspeitos de infecção.

A conversa com a Laura®️ será uma espécie de triagem. A partir desta, será possível identificar o grau de criticidade do beneficiário. O objetivo é ajudar a priorizar atendimentos e, assim, otimiza-los, uma vez que o cliente será assistido na fase inicial no conforto de sua casa.

De acordo com Théo Fernando Bub, presidente da companhia, novo serviço integra propósito da cooperativa em proporcionar mais segurança ao paciente, tanto para aqueles que entrarem em contato com sintomas que possam indicar Covid-19, quanto para as outras pessoas que, de fato, precisam ir ao pronto atendimento.

“Tudo o que estiver ao alcance para somar forças às equipes de saúde na pandemia é bem-vindo. Tecnologias como essa, de alta performance, dão respostas rápidas, ajudam nas tomadas de decisões e, principalmente, protegem vidas”, ressalta o executivo.

Como funciona

Ao acessar o site da Unimed Grande Florianópolis, os clientes poderão esclarecer dúvidas sobre o “Novo Coronavírus” e relatarem seus sintomas à Laura®️. Ao relatarem seus sintomas e fatores de risco, os clientes com suspeita de Covid-19 e considerados mais críticos serão orientados pela tecnologia a procurarem atendimento médico em uma unidade de Pronto Atendimento.

Caso o conjunto de sintomas e fatores de risco relatados enquadrarem os clientes em um nível de criticidade moderada, a própria Laura® enviará uma mensagem por Whatsapp orientando entrar em contato telefônico com a central de avaliação e orientação médica.

Já para os clientes que apresentarem sintomas mais leves, a Laura® irá monitorá-los por 14 dias através de Whatsapp

“Além de atender o paciente de forma presencial, poderemos acompanhá-lo de forma remota nos dias seguintes ao atendimento, com o apoio da tecnologia empregada pela robô Laura®”, esclarece o diretor do Hospital Unimed e dos Serviços Próprios, Gabriel Gustavo Longo.