São Lucas Copacabana recebe certificação em serviço de enfermagem

A Equipe de enfermagem do Hospital São Lucas Copacabana acaba de ser reconhecida e certificada como uma das mais eficazes e seguras do país através da Certificação dos Serviços de Enfermagem. Sendo o primeiro hospital no estado do Rio de Janeiro a receber o título e o terceiro do Brasil. A certificação é concedida pelo IQG-Health Services Accreditation e atesta a qualidade da equipe de enfermagem, considerando critérios de conhecimento técnico, as linhas de cuidado com raciocínio clínico e empoderamento, entre outras habilidades assistenciais que impactam na experiência do paciente.

Segundo Noangela Nascimento, gerente de Enfermagem do São Lucas Copacabana, esse selo representa um marco na história da assistência de enfermagem no Rio de Janeiro. “A categoria de enfermagem tem uma importância crucial para o bom resultado de qualquer Unidade Assistencial. Trabalhar o reposicionamento da categoria, garantindo a melhor atuação do enfermeiro baseado em raciocínio clínico, assumindo a cada dia a posição de gestor do cuidado impacta diretamente nos melhores desfechos clínicos para os nossos pacientes.”, afirma.

No São Lucas Copacabana, foi realizado uma grande reestruturação, que abrangeu desde mapeamento de desperdícios assistenciais, definição de novas responsabilidades estratégicas para a atuação eficaz do time de enfermagem na beira do leito até a criação do novo modelo de programa de desenvolvimento para nossa equipe de técnicos e enfermeiros, voltado, de forma pioneira, a desenvolver habilidades técnicas e comportamentais para a atuação consciente de toda categoria.

“É de grande orgulho para nós este primeiro passo dado de forma pioneira no estado do Rio de Janeiro. Não existe empoderamento sem conhecimento científico. Logo, este trabalho nasce para reposicionar a enfermagem que a partir de agora trilhará um caminho mais consciente focado na melhor assistência ao nosso paciente. Vale ressaltar que, Enfermagem é tomada de decisão clínica, é conhecimento, é ciência e empoderamento. Enfermagem com competência técnica salva vidas!”, enfatizou Noangela.