HCFMUSP lança curso sobre remédios digitais

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP em parceria com a HealthTech Bright Photomedicine acaba de abrir inscrições para um curso inédito no Brasil sobre os remédios digitais e sua prática clínica. O objetivo é trazer conteúdo em primeira mão sobre o tratamento de dores crônicas e degenerativas usando fotobiomodulação.

A programação é voltada para médicos, como ortopedistas,reumatologistas, anestesiologistas, fisiatras, reumatologistas, acupunturistas, neurologistas etc. que tenham interesse na gestão da dor em seus pacientes crônicos. O profissional desenvolverá o olhar crítico sobre a aplicação dos remédios digitais, análise dos resultados obtidos com a terapia e otimização das estratégias terapêuticas.

Os remédios digitais foram desenvolvidos em 2013 pelo físico Marcelo Sousa durante período como pesquisador na Harvard Medical School. Ele desenvolveu uma metodologia e tecnologia para personalizar a dose e o tipo de luz exata para cada paciente. O efeito terapêutico acontece devido a reações fotoquímicas que provocam modificações internas no organismo, deixando-os novamente saudáveis. “Os remédios digitais consistem em uma informação que é convertida em energia em dispositivos médicos que por sua vez emitem essa energia para as células”, explicou Marcelo Sousa.

As aplicações dos Remédios Digitais não causam vício, não são invasivas e não possuem efeitos colaterais. A tecnologia da informação associada a eles permite desenvolver um remédio mais rápido com menor custo de desenvolvimento se comparado a uma nova droga de origem química. “Sua aplicação tem crescido ao longo dos anos devido a abrangência dos seus efeitos, aplicações e ausência de efeitos colaterais”, afirmou o médico Dr. Hazem Adel Ashmawi.


Serviço:
Local: EEP – Escola de Educação Permanente, ICHC – Instituto Central
Departamento: Divisão de Anestesia do HCFMUSP
Período de inscrição: 06/01/2020 à 30/04/2020
Período do curso: 14/05/2020 à 16/05/2020
Para mais informações acesse o site.