Fidi transforma área de exames em espaço lúdico

Diversas áreas do Hospital Ipiranga, em São Paulo, tiveram seus ambientes transformados em patrimônios históricos do bairro Ipiranga para acolher os pacientes que precisam realizar exames. A revitalização dos espaços inaugurada recentemente faz parte do projeto “Humanização em Hospitais”, realizado pela Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI), responsável pela gestão do sistema de diagnóstico por imagem na rede pública, em parceria com a Secretaria do Estado da Saúde de São Paulo e o hospital.

A ambientação transformou os ambientes em vistas para o Museu do Ipiranga, o Palacete Violeta, o Seminário Central do Ipiranga, o Monumento à Independência e a própria fachada do Hospital. As áreas renovadas para propiciar um atendimento mais confortável ao público foram: a recepção do setor de radiologia, as duas salas de raios X, a sala de tomografia computadorizada e as de preparo para os exames, além do corredor. Com o empenho da equipe, foi possível realizar todo o projeto em menos de um mês.

“O ambiente tem um impacto importante no comportamento do ser humano. Assim, a transformação de um espaço hospitalar em um local bem cuidado, alegre e tranquilo justifica o investimento em atendimentos qualificados aos pacientes que frequentam o local”, diz Cristiane Claro, Coordenadora de Relacionamentos Institucionais da FIDI. “Além do ambiente humanizado influenciar na rotina hospitalar e nas relações estabelecidas entre profissionais da saúde e pacientes, potencializa ações de humanização na unidade de saúde como um todo”, aponta.

O projeto “Humanização em Hospitais” teve início em outubro de 2017. Também já foram transformados para maior conforto e acolhimento dos pacientes os hospitais: Hospital Infantil Darcy Vargas, Hospital Infantil Cândido Fontoura e Conjunto Hospitalar do Mandaqui, em São Paulo, Hospital Infantil Márcia Braido, em São Caetano do Sul, e Hospital Materno Infantil (HMI) e Hospital de Doenças Tropicais (HDT), em Goiás.