DOC24 anuncia ampliação de operações no Brasil

A DOC24, plataforma de telemedicina voltada ao segmento corporativo, segue ampliando seus negócios no Brasil. Após ter completado 20 meses de atuação no país, a multinacional fez um breve balanço das conquistas alcançadas até o momento. Fundada na Argentina, em 2016, a healthtech já conta com mais de 10 milhões de beneficiários, com um volume superior a 130 mil consultas por mês. No segmento de saúde, a companhia atua ao lado da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo (SP), Hospital da Criança de Brasília (DF), Hospital Ernesto Dornelles (RS) e Unimed Florianópolis (SC).

“Muitas empresas nos enxergam como um interessante parceiro de negócios por conta da nossa capacidade de agregar valor ao serviço prestado. Somos a única solução abrangente de telemedicina disponível no mercado, que adapta seu serviço de consulta médica por vídeo de acordo com as necessidades e políticas de cada organização, ajudando a implementá-las e treinando as equipes”, garante Fernando Ferrari, diretor Geral da DOC24 no Brasil.

Para 2021, a multinacional planeja o lançamento de novos produtos e serviços voltados a outros segmentos, como hotelaria e educação. O objetivo é permitir um maior controle das regras sanitárias, tanto para hospedes e funcionários dos hotéis e pousadas, quanto para todos que trabalham nas escolas e universidades, bem como seus alunos e familiares.

“Em breve teremos novidades que devem impulsionar ainda mais os nossos negócios. A telemedicina chegou para facilitar o dia a dia de todos, descongestionando as salas de espera e proporcionando conforto aos usuários através da implementação de protocolos modernos de atendimento à saúde”, explica o executivo.

A principal vantagem para os pacientes está no acesso a consultas online, onde quer que eles estejam, 24 horas, todos os dias da semana. Além de evitar os problemas de deslocamento e do tempo de espera na unidade médica, a videoconsulta também impede a exposição a germes e doenças. Já para os médicos, os serviços de telemedicina permitem um melhor gerenciamento da sua agenda e oferecem ao profissional um canal seguro para o relacionamento com o paciente, além de acesso ao seu prontuário e geolocalização em tempo real, o que auxilia em caso de emergência durante a consulta.

No caso dos provedores de saúde, o ganho é com a redução de fraudes, sinistralidade e demanda. O sistema garante uma redução entre 12% e 32% dos custos de maneira geral, o que inclui o valor individual de sinistros de consulta médica. “Parte desse sucesso se deve a nossa capacidade de conectar pacientes, médicos, provedores e parceiros através de uma plataforma de benefício mútuo, capaz de se adaptar as demandas com agilidade e oferecer soluções desenhadas especialmente para atender projetos específicos”, conclui.