Oncologia: Dasa anuncia aquisição da Clínica AMO por R$ 750 milhões

A Dasa, rede de saúde integrada, avança no mercado de medicina oncológica com a intenção de adquirir, por R$ 750 milhões, 100% do capital da Clínica AMO, com sede em Salvador (BA) e unidades em Aracaju (SE) e Natal (RN). Uma das motivações desta união é o alinhamento de propósito entre as duas empresas que vêm construindo, ao longo dos anos, um modelo de ecossistema baseado na integração do cuidado. Para a Dasa, a medicina oncológica materializa esse modelo de atendimento coordenado em todas as etapas da atenção primária, secundária e de alta complexidade, além do acompanhamento pós-tratamento. A operação ainda está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores.

A AMO está posicionada entre os principais players de maior faturamento e excelência em oncologia no Brasil e é a primeira na Bahia a receber a certificação internacional QOPI (Quality Oncology Practice Initiative) pela Sociedade Americana de Oncologia.

Com 27 anos de história, a Clínica AMO é reconhecida pelo alto padrão de atendimento no cuidado multidisciplinar, integrado e efetivo em oncologia, hematologia e especialidades correlatas por meio da prevenção, diagnóstico, tratamento, cura, suporte paliativo e pesquisa clínica. Com unidades de oncologia ambulatorial, atenção primária, secundária e diagnósticos, a AMO agrega ao ecossistema Dasa todo o seu conhecimento e experiência de navegação do paciente oncológico, visando a integração das diferentes linhas de cuidado, com uma equipe clínica que possui mais de 500 médicos de especialidades distintas.

A operação é mais um passo importante para a Dasa na sua atuação em medicina oncológica, que desde novembro de 2020 tornou-se uma unidade de negócios, ampliando o escopo do ecossistema, que já engloba diagnóstico, hospitais, gestão de cuidados e genômica. A companhia já tem estruturas construídas totalmente voltadas à oncologia em todas as etapas do tratamento oncológico. Atualmente, seis hospitais da rede já atuam 100% neste modelo com mais de 40 médicos especializados e potencial de dobrar o número desses profissionais até início de 2022. Várias obras já estão em curso para a construção de novas estruturas.

Para a Dasa esse movimento é um grande compromisso de promover acesso e avanço da medicina baseada em valor para a sustentabilidade do setor de saúde no Brasil.

A aquisição é a terceira realizada pela companhia no Nordeste em 2021. Em março, a empresa anunciou a aquisição do Hospital São Domingos (HSD), sediado em São Luís, Maranhão, e, em junho, integrou-se ao Hospital da Bahia, unidade de alta complexidade em Salvador (BA). A Dasa informa que todos os negócios ainda estão sujeitos à aprovação dos órgãos regulatórios.