HCor amplia Programa de Atenção Primária para colaboradores via telemedicina

Cuidar das Pessoas e Fortalecer a Saúde. A partir deste propósito, o HCor idealizou um serviço dedicado a oferecer apoio e assistência de saúde, de forma integrada, a seus profissionais, sobretudo após a chegada da pandemia. Por isso, o hospital multiespecialista de São Paulo implantou, ainda em 2020, um Programa de Atenção Primária em Saúde a colaboradores e seus familiares.

O “Cuidar HCor” disponibiliza consultas presenciais e serviço de teleatendimento a todos os profissionais de saúde da instituição e dependentes, com a atuação de médicos da família, enfermeiros e psicólogos.

“Em julho de 2020, começamos exclusivamente com atendimentos presenciais. No entanto, aos poucos, fomos compreendendo a importância de utilizarmos a telemedicina e, com o apoio de um de nossos parceiros, a Dr. TIS, iniciamos o teleatendimento dentro do Programa”, conta Kevin Kim, coordenador médico de Ensino e Inovação do HCor.

O serviço a distância foi implantado há menos de um mês e já realizou mais de 200 atendimentos remotos, incluindo teleconsultas.

De acordo com Kim, o programa ampliou o acesso e o alcance dos serviços de Atenção Primária em Saúde do HCor, com uma plataforma que conta com interface simples e intuitiva. “A telemedicina veio para ficar no ‘Cuidar HCor’. A previsão é que realizemos, progressivamente, a expansão do rol de serviços em teleassistência no nosso programa de APS. A plataforma é bastante prática e segura, incluindo diversas funcionalidades que permitem ao paciente o acesso a documentos médicos assinados de forma eletrônica”.

Fernando Torelly, CEO do HCor: iniciativa visa tornar o ambiente de trabalho em um local acolhedor.

Para Fernando Torelly, superintendente corporativo – CEO do HCor, o projeto é mais uma iniciativa do hospital de transformar o ambiente de trabalho em um local acolhedor e estimulador. Para isso, cuidar de cada profissional e de seus familiares é fundamental neste sentido. “Queremos criar um ambiente de trabalho positivo para todos e o cuidado com a saúde física e mental dos nossos colaboradores é parte fundamental desse processo, afinal são eles que entregam nosso propósito diariamente a milhares de pacientes”.

“Ficamos orgulhosos em colaborar com esse programa do HCor, especialmente porque cuida de colaboradores e familiares, que tanto ou mais têm sofrido as pressões de estar na linha de frente dessa pandemia que vivemos” ressalta a CEO da Dr. TIS, Jihan Zoghbi.

Como funciona

Após o primeiro atendimento por recepcionista online e triagem, o paciente pode ser direcionado para uma teleconsulta com médico de família — preferencialmente o médico de referência com quem ele já faz acompanhamento, caso o profissional esteja disponível — ou com enfermeiro. As consultas com os psicólogos também podem ser agendadas na modalidade virtual.

Em casos de necessidades administrativas, o paciente é redirecionado para um assistente que irá auxiliá-lo no processo de agendamento de consultas e exames.

Jihan Zoghbi, CEO da Dr. TIS: com a regulamentação da telemedicina, o faturamento cresceu 500%.

Tecnologia

A healthtech paulistana Dr. TIS foi desenvolvida por Jihan Zoghbi, doutora em Ciências da Computação, em 2016. Hoje, além de CEO da plataforma, Jihan ocupa o cargo de presidente da Associação Brasileira CIO Saúde — que promove o intercâmbio de conhecimento e práticas em tecnologia da informação no segmento de saúde.

Depois de quatro anos trabalhando com telerradiologia veterinária, conseguiu, durante a pandemia, expandir os negócios para o atendimento médico de pessoas a distância. Com a regulamentação da telemedicina humana, o faturamento cresceu 500% entre março e dezembro de 2020, quando bateu a marca de 140 clientes diretos.

“Quando criei a plataforma só pensava em uma coisa: democratizar a saúde no Brasil. Um país com dimensões continentais precisava aproximar populações carentes ou isoladas de profissionais qualificados — seja para os animais; seja para as pessoas. Se resguardadas as boas práticas, todo mundo se beneficia”, finaliza Jihan.