Como assinar documentos à distância, com segurança e validade jurídica?

Com a crise sanitária causada pela Covid-19, profissionais e empresas dos mais variados setores se veem diante da necessidade de reinventar processos e meios com os quais possam exercer suas atividades à distância. Não é diferente para os profissionais e empresas da saúde que, nesse momento, lidam diariamente com risco de contaminação, além da diminuição do atendimento a pessoas saudáveis, impactando a receita.

Por conta disso, empresas da área da saúde precisam voltar sua atenção ao bom desempenho dos seus serviços e, ao mesmo tempo, no quesito administrativo, evitar a perda de receita, nos casos de serviços particulares que têm encontrado dificuldades para gerir e renovar documentos, termos e contratos de pacientes, fornecedores e parceiros.

Buscando contornar esse cenário, inúmeros grupos de saúde estão aderindo à gestão digital de documentos, que permite assinar variados documentos, sem a necessidade de contato físico, envios por correio ou idas ao cartório.

Uma startup brasileira que ganhou destaque com as empresas da área da saúde é a Contraktor, ferramenta para digitalizar todo o ciclo de vida de contratos, desde o momento de sua criação, passando pela revisão em equipe, envio para assinatura, monitoramento de prazos e armazenamento em nuvem, tudo à distância e com validade jurídica.

“Nosso maior objetivo nesse momento é livrar as empresas e profissionais da saúde de toda a burocracia em torno da gestão tradicional de contratos. A prioridade é salvar vidas, manter nosso sistema de saúde fortalecido e livre de gargalos administrativos, que podem gerar problemas indesejados em tempos tão difíceis. Centenas de clínicas, redes e planos de saúde já estão sendo beneficiados com a nossa solução”, afirma Bruno Doneda, co-Fundador da Contraktor.

 

BENEFÍCIOS DA GESTÃO DE CONTRATOS DIGITAIS NA SAÚDE

Bruno Doneda, co-Fundador

A crise e os trabalhos remotos aumentaram o uso de soluções tecnológicas para, sobretudo, evitar o contato humano em tempos de isolamento. Contudo, o uso da tecnologia oferece inúmeras vantagens como a otimização do tempo e dos custos na gestão tradicional de documentos, por exemplo.

Isso envolve impressão de papel, meios de transporte, demora para coletar todas as assinaturas, lentidão em todo o processo, o que leva à perda de prazos e muita dor de cabeça. Segundo uma pesquisa da Forrester Consulting, realizada com 400 empresas ao redor do mundo, 98% das instituições relataram algum impacto negativo na receita causado pelo ineficiente gerenciamento nas transações com documentos e contratos.

Para além dos impactos de custos e tempo, a gestão tradicional de documentos pode causar perdas de documentos importantes, sendo mais graves os casos daqueles já assinados, extravios, falta de retorno por parte dos signatários, além de desorganização que ocasiona em diversos outros riscos.

Segundo Bruno Doneda, a utilização de uma ferramenta para gestão de contratos digitais pode reduzir em até 85% os custos e 90% o tempo em relação ao gerenciamento físico, além de promover a centralização dos documentos em um único ambiente, evitando perdas e acelerando a finalização das assinaturas, que podem ser feitas por meio do computador, tablet ou dispositivos móveis, pois o signatário recebe o convite para assinatura por e-mail.

Veja como funciona:

Leia também:


Para saber mais sobre a gestão de contratos digitais e como esse método pode ajudar sua empresa, acesse www.contraktor.com.br.