Cardiômetro, da SBC, concorre a Prêmio Euro de inovação em saúde

A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) está concorrendo ao Prêmio Euro – Inovação na Saúde – com o Cardiômetro, uma ferramenta gratuita de alerta, online, que periodicamente registra o número de mortes causadas pelas doenças cardiovasculares no país.

Promovido pela Eurofarma, o prêmio tem como objetivo reconhecer a classe médica do país na busca por soluções inovadoras que reflitam, de fato, na melhoria da qualidade de vida e no bem-estar das pessoas em todo o Brasil.

Mais de 1.650 iniciativas foram enviadas à avaliação do Conselho Médico definido pela realizadora do prêmio, que escolheu as cem finalistas para seguirem na disputa, a qual terá seus 11 vencedores eleitos pelo Grande Júri formado pela comunidade médica do Brasil, ou seja, todos os médicos em atuação no país, com CRM ativo em seus conselhos regionais, podem votar pelo site www.premioeuro.com.br. A votação vai até 12 de maio.

Ao todo serão entregues dez prêmios de € 50 mil, e um prêmio de € 500 mil ao grande vencedor, totalizando € 1 milhão, em valores que serão convertidos e pagos em reais aos médicos responsáveis pelas iniciativas vencedoras. O grande vencedor do Prêmio Euro – Inovação na Saúde terá seu nome divulgado somente na cerimônia de premiação, um grande evento, realizado em São Paulo (SP).

Os dados, explica o presidente da SBC, Marcelo Queiroga, fundamentam os debates a fim de que especialistas encontrem estratégias para melhorar a prevenção cardiovascular, governos possam estruturar investimentos em saúde, e a população possa ter conhecimento de fonte confiável em relação ao assunto. “As informações no cardiômetro são atualizadas segundo um programa de previsão estatística com metodologia desenvolvida e amparada por cardiologistas pesquisadores de importantes universidades brasileiras”, destaca Queiroga, lembrando que as doenças cardiovasculares bem como afecções do coração e da circulação representam as principais causas de mortes no Brasil.