Indústria de Cannabis Medicinal cria associação com 14 empresas do setor

A evolução do marco regulatório da Cannabis Medicinal que surgiu em 2015 a partir da permissão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para importação individual de produtos à base de canabinoides, colocou o Brasil no radar de uma indústria global já consolidada em muitos países, capaz de gerar riqueza, empregos, produzir ciência, inovação tecnológica e, ainda, beneficiar milhares de pacientes ao redor do mundo.

A demanda crescente, a chegada de novas empresas do setor ao país, além de novas atualizações regulatórias da ANVISA – como as RDC’s 327/2019, que regulamenta a fabricação, comercialização e importação de produtos de cannabis para fins terapêuticos, e a RDC 335/2020, que atualiza o modelo de importação individual – criou-se um ambiente de maior segurança jurídica para a chegada de projetos e investimentos. Esses fatores desencadearam a necessidade de construir uma via de representação setorial institucionalizada.

Foi neste contexto que surgiu a Associação Brasileira das Indústrias de canabinoides (BRCANN), entidade que reúne 14 das principais do país e que visa representar os interesses da indústria e responsável pelas interlocuções junto ao poder público em temas como o marco regulatório, o desenvolvimento científico, a inovação e a propriedade intelectual do setor no Brasil.

A entidade estima que o mercado de Cannabis Medicinal tenha movimentado de 100 a 150 milhões de reais em 2020, a partir da demanda dos 25 mil pacientes que usam produtos da categoria no Brasil.

A BRCANN trabalha para tornar expressiva a participação dos canabinoides como classe terapêutica no mercado de medicamentos, criando condições para o desenvolvimento de uma indústria economicamente forte e capaz de oferecer um arsenal de produtos que vão desde os já utilizados até os inovadores que ainda serão lançados, nas mais variadas formas de apresentação e com tecnologia de ponta para atender as necessidades dos brasileiros. A Associação também representa o segmento veterinário de produtos à base de canabinoides.

De acordo com Tarso Araujo, diretor executivo da BRCANN, o objetivo final de todas as iniciativas da entidade é garantir o direito de médicos e pacientes brasileiros terem acesso a medicamentos à base de canabinoides, oferecidos por empresas comprometidas com a qualidade e a segurança de seus produtos.

“Este é um setor produtivo com grande potencial de contribuir para a saúde pública e a economia brasileiras, liderado por empresários sérios e responsáveis. Trabalhamos para que ele se desenvolva comprometido com a ética, a ciência e o respeito à legalidade e à concorrência justa.”

Empresas Associadas:

  • Carmens Medicinals
  • CBD Vida
  • Celestial
  • Cuidy
  • DrogaVet
  • Entourage Lab
  • FarmaUsa
  • Green Care
  • Indeov
  • Korasana
  • Mahara Group
  • Nascimento & Mourão
  • Vedminson
  • Verdemed