ABIMO anuncia mudança de nome

Franco Pallamolla

Desde o ano passado, o Brasil e o mundo têm sido duramente afetados pela pandemia da Covid-19. Nesse período, a ABIMO tem representado a capacidade tecnológica do setor. As diversas iniciativas do segmento convergiram para que o Conselho Deliberativo da entidade propusesse aos seus associados a mudança da denominação social. A partir de agora, passa a ser Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos (ABIMO).

De acordo com o presidente da ABIMO, Franco Pallamolla, essa mudança reflete a necessidade de o estado brasileiro reconhecer a importância estratégica e a excepcionalidade do setor quando comparado com outros segmentos da economia, visando promover a independência tecnológica na produção e fornecimento de dispositivos médicos.

“Como nação, é primordial findar o colonialismo tecnológico que tornou o Brasil dependente de outros países. Apesar disso, há que se destacar as incontáveis demonstrações da capacidade de inovação e desenvolvimento que o setor de saúde nacional sempre demonstrou, principalmente nessa situação caótica da pandemia, e que refletiu diretamente no bom desempenho do Sistema Único de Saúde (SUS), o maior do mundo em países com população acima de 100 milhões de habitantes”, ressalta Pallamolla.

A nova definição, em substituição à antiga – Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios – além de estar em sintonia com o mercado internacional, demonstra a transversalidade que essa indústria possui, em relação a outras áreas de vanguarda tecnológica.