ViBe Saúde

Telemedicina orientada à Atenção Primária

Com um ano marcado pela amplificação dos serviços online, ViBe Saúde vê seus números crescerem. Público B2C é estratégico.

Estudos recentes realizados pela Global Market Insights sinalizam uma movimentação em di­gital health de US$ 379 bilhões (cerca de R$ 1,4 trilhão) até 2024. A consultoria projeta que o mercado mundial de telemedicina irá expandir para US$ 131 bilhões até 2025. Essa taxa de crescimento anual de 19% será impulsionada pela ampliação da rede de te­lecomunicações e pelas iniciativas dos governos em relação ao fornecimento de serviços de saúde às po­pulações com acesso limitado ou inexistente à saúde.

Diante de um cenário complexo provocado pela pan­demia da Covid-19, os investimentos na telemedicina em todo o mundo foram acelerados. Inserida nesse contexto de expansão, a ViBe Saúde, healthtech focada em saúde virtual, tem alcançado números promisso­res. Com o aumento da demanda por telemedicina, a empresa viu sua base de usuários aumentar expo­nencialmente. Desde julho, após lançar a nova versão de seu aplicativo, a empresa atingiu mais de 1 milhão de downloads e realizou mais de 150 mil consultas.

“Nossa abordagem personalizada e integrada tornou a ViBe o aplicativo de saúde digital para consumi­dor final (B2C) líder no Brasil e o primeiro ponto de contato para as necessidades da atenção primária. O nosso plano é fortalecer cada vez mais a distribui­ção do app para a população e alcançar 5 milhões de downloads até o final de 2021”, revela Ricardo Joseph, cofundador da empresa e COO da empresa.

Em janeiro, a empresa completou seu aporte de R$ 54 milhões, a maior rodada “Series A” registrada no país para uma startup de saúde digital, lidera­da pela empresa de investimentos sueco-brasileira Webrock Ventures. Os recursos serão direcionados para expandir o serviço freemium e democrati­zar o acesso à saúde para mais de 160 milhões de brasileiros que hoje dependem do sistema público. Junto com o aporte, a empresa selou uma parceria de inovação tecnológica com a Doktor.se, uma das principais empresas de saúde digital da Europa.

O modelo de negócios freemium se concentra em oferecer atenção primária aos brasileiros que dependem do sistema público de saúde do Brasil. A plataforma oferece consultas virtuais agendadas e on-demand com clínicos gerais, psicólogos e nutricionistas, bem como Linhas de Cuidado (Digital Therapeutics) para geren­ciamento de cuidados crônicos – tudo integra­do com prontuários eletrônicos e wearables de bem-estar/fitness.

“Nossa missão é oferecer o melhor atendi­mento digital a preços acessíveis para todos os brasileiros. Fizemos grandes progressos ao longo de 2020 devido ao nosso modelo free­mium, tendo oferecido mais de 150 mil consultas gratuitas aos nossos usuários. Estamos tendo um impacto tremendo na vida de centenas de milhares de brasileiros que não têm acesso a cuidados de saúde adequados. Nossa abordagem personalizada e integrada à saúde tornou a ViBe o aplicativo preferido e o primeiro ponto de contato para todas as necessidades de saúde de nossos usuários”, reforça Ian Bonde, cofundador e CEO da ViBe.

Ricardo Joseph ressalta que o foco para 2021 continu­ará sendo a ampliação radical de acesso de saúde digital de qualidade. “Como trabalhamos com uma abordagem multidisciplinar, integrada e que incentiva a continuidade, lançaremos uma assinatura que dará melhores condições para que esse propósito se viabilize. Está prevista a entra­da de diversos parceiros para ampliar nosso escopo para serviços presenciais, sejam diagnósticos ou intervenções”.

De acordo com o executivo, o plano é expandir o alcance e impacto social em até dez vezes nos próximos 12 meses. “Paralelamente, aumentaremos nossa equipe de médicos de família, psicólogos, nutricionistas e treinadores físicos para absorver o crescimento exponencial da demanda. Hoje, temos uma equipe de 50 profissionais de saúde e vamos ampliar para 300 ainda neste ano de 2021”, revela.

Parceria com a D’OR Consultoria

A ViBe também assinou recentemente um acordo com a D’Or consultoria, pertencente ao maior grupo hospitalar e clínico privado do Brasil, a Rede D’Or São Luiz. A parceria permite que a empresa se expanda ainda mais no seg­mento B2B, bem como possibilita o atendimento continuado para seus pacientes, vinculando a atenção primária digital aos atendimentos pre­senciais e à atenção terciária em todo o País.

A parceria envolve também a [email protected], platafor­ma de cuidado à saúde exclusiva da D’Or, com soluções de atendimento 360º que se estende além da telemedicina, passando por linhas de cuidado para gestão de casos crônicos, solu­ções de qualidade de vida e engajamento dos usuários na mudança de comportamento no cuidado com sua saúde.

A plataforma conecta especialistas e os mais atualizados protocolos médicos, unificando a agilidade e praticidade do cuidado digital com a estrutura, o alcance e os conhecimentos ne­cessários para o tratamento de saúde de curto, médio ou longo prazo.

“A parceria entre a ViBe e a D’Or é uma com­binação fortíssima ao oferecer o que há de mais avançado em saúde digital para mais de 2 mi­lhões de vidas sob gestão da D’Or Consultoria. Os negócios D’Or PME também irão usufruir da ferramenta, além de diversos canais mas­sificados B2B2C,” comenta Ian Bonde.

“Somos a única consultoria com a expertise do maior grupo de saúde do país aliado à veia à veia inovadora e de geração de valor da D’Or Consultoria. Após realizarmos uma grande concor­rência entre inúmeras healthtechs, escolhemos a ViBe por entender que é a empresa que possui uma grande expertise em tecnologia aplicada à saúde com a melhor plataforma e os melhores serviços de saúde digital no mercado”, explica Bruno Iannuzzi, CEO da D’Or Consultoria.

Para Ricardo Joseph, a transformação digital avança na saúde, e a tendência é que o setor continue a se modernizar, com um incremento das operações de grandes parcerias. “A tecnologia está transforman­do a saúde, e o futuro é promissor. Os gestores e as lideranças precisam entender que a transformação digital implica uma mudança fundamental na cultura da organização para que ela possa receber a inovação, nos modelos de gestão e na cultura e comportamento dos profissionais de saúde”, conclui.

Acesse mais informações em: www.vibesaude.com

Medicina S/A

WWW.MEDICINASA.COM.BR
[email protected]

O melhor conteúdo sobre Gestão, Tecnologia, Inovação, Negócios e Boas Práticas na Saúde