Doctoralia

Saúde mais humana
e inclusiva

Com a missão de tornar a experiência em saúde mais humana, Doctoralia investe na atenção dada à jornada do paciente, tornando-a cada vez mais completa e inclusiva.

A pandemia transformou a rotina de muitos setores, principalmente na área da saúde. As empresas se aprimora­ram rapidamente e tiveram que criar novas formas de se relacionar e de atender remotamente os seus públicos com a mesma qualidade. O maior desafio, porém, é continuar avançando em outros aspectos da transformação digital e apostar na modernização da gestão, comen­ta Cadu Lopes, CEO da Doctoralia para Brasil, Chile e Peru.

Maior plataforma de agendamento de consultas do mundo, a Docto­ralia quer tornar a experiência em saúde mais eficiente e, sobretudo, mais humana. A empresa, que está presente em 12 países, é responsável por atender 35 milhões de pacien­tes e processar mais de 3 milhões de agendamentos de consultas por mês. Atualmente, reúne mais de 2 milhões de profissionais de saúde em sua base, com um total de 4 mi­lhões de avaliações de pacientes.

A empresa fornece agendamen­tos e avaliações de consultas mé­dicas para os pacientes através de seu marketplace, sem custo. Por meio da ferramenta de telemedi­cina, que integra o software médico, promove a realização de consultas on-line, prontuário eletrô­nico e prescrição digital de medicamentos.

“Fica nítido que a transformação digital veio para ficar e será fundamental para a continuidade dos negócios no universo da saúde. As empresas com­preenderam que precisam apostar na modernização de sua gestão, por meio da utilização de novos me­canismos, para continuar prestando atendimento de qualidade”, destaca.

Para isso, a empresa conta com um sistema SaaS (Software as a Service), que possibilita que médicos e clínicas otimizem a gestão e o fluxo de pacientes. Todos os profissionais recebem suporte da equipe de assessores responsável por guiá-los na trans­formação digital de suas práticas. Já o TuoTempo, pertencente ao Grupo DocPlanner, do qual a Doc­toralia faz parte, aposta no relacionamento com o paciente. O CRM (Customer Relationship Manage­ment) conta com um conjunto de funcionalidades e possibilidades de personalização para elevar a experiência oferecida por instituições de saúde, como hospitais e clínicas de grande e médio portes.

Saúde mais inclusiva

Para Cadu Lopes, a verdadeira evolução na saúde será na atenção dada à jornada do paciente, “colo­cando-o, de fato, no centro de tudo e reescrevendo todos os modelos de negócios a partir deste ponto, com o auxílio da tecnologia”. E foi justamente com esse propósito que a empresa ampliou sua oferta durante 2020. “O nosso papel agora é integrar da­dos, investir em inovação, regulação e tecnologia em prol de uma saúde mais inclusiva”, diz.

Com a pandemia de Covid-19 e o isolamento so­cial, o Ministério da Saúde autorizou, em caráter excepcional, o exercício da telemedicina, que já era um pleito antigo do setor. Em poucos dias, o número de médicos premium que adotaram a ferramenta e a quantidade de consultas a distância agendadas cresceram exponencialmente. “Hoje, a telemedicina da Doctoralia conta com quase 15 mil profissionais de saúde e já agendou mais de 500 mil consultas”, revela Lopes.

Para ampliar o acesso dos brasileiros à saúde, a Doctoralia também forneceu a tecnologia às ins­tituições do sistema público de saúde, de maneira totalmente gratuita. Até o momento, 13 prefeituras parceiras aderiram ao projeto, totalizando mais de 7 mil teleatendimentos pela saúde pública.

Entre outras novidades oferecidas pela companhia, Cadu Lopes ressalta também as soluções como o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), prescri­ção eletrônica, app para pacientes e a central de agendamentos. “Inovamos também com a abertura de um marketplace para agendamento on-line de exames. Agora, além do agendamento de consultas, temos o Doctoralia Lab para oferecer a continuidade do atendimento médico e uma assistência de saúde completa aos pacientes. O usuário pode agendar os exames que necessita diretamente pelo site ou pelo link encaminhado pelo médico, já direcionando para uma rede de laboratórios credenciada”, explica.

Outra inovação é o Doctoralia Phone, que ofe­rece o mapeamento de chamadas para clínicas e hospitais. O sistema permite a identificação e categorização de chamadas telefônicas, auxi­liando num atendimento mais rápido e huma­nizado, mede o volume e a origem das ligações, avalia o desempenho da equipe de atendimento, fornece acesso a gravações e distribui o volume de chamadas ao longo do dia.

Próximos Passos

O Grupo DocPlanner, do qual a Doctoralia faz parte, adquiriu recentemente na Europa duas empresas também do setor de tecnologia em saúde. Segundo Cadu Lopes, o objetivo é dar mais robustez aos atuais produtos e ampliar ainda mais sua influência em âmbito global. “Além disso, por melhor que sejam os nossos sistemas, sempre há oportunidade de melhorias. Conforme conquista­mos um volume maior de adeptos, vão surgindo novas demandas, personalizações e ideias. E como a digitalização tende a deixar de ser um diferencial para se tornar uma necessidade para os negócios da saúde em 2021, dedicaremos muitas forças nos aperfeiçoando para acompanhar o mercado e en­tregar uma experiência positiva não apenas para o paciente, mas também para especialistas, admi­nistradores e secretárias”, diz.

Para os pacientes, a meta da empresa é ser um grande hub de saúde, onde eles possam acessar exames, receitas, histórico de consultas e todas as informações pelo celular. Já para os especia­listas e centros médicos, o propósito é aprimorar processos, otimizar tempo e permitir que eles se dediquem mais ao que realmente importa: o cui­dado com o paciente.

“Profissionais, hospitais e clínicas estão ten­do que adaptar suas operações para atender às expectativas de um paciente mais exigente, bem informado e, portanto, empoderado. Esse novo perfil de paciente leva a um modelo de tomada de decisão compartilhada, no qual o paciente é tão ativo em seus cuidados de saúde quanto o médi­co. A tecnologia é uma excelente ferramenta para aperfeiçoar a experiência do paciente e torná-la digital, agilizando o contato, oferecendo autono­mia e aproximando as pessoas do profissional ou instituição de saúde. Por mais que possa parecer contraditório, a tecnologia é uma grande aliada na humanização de processos”, conclui.


Acesse mais informações em: www.doctoralia.com.br

Medicina S/A

WWW.MEDICINASA.COM.BR
[email protected]

O melhor conteúdo sobre Gestão, Tecnologia, Inovação, Negócios e Boas Práticas na Saúde